Blog Inundaweb

Remarketing: como ativar essa poderosa campanha 

Remarketing blog IN (2)

É muito provável que você, ao navegar pelas redes sociais, já tenha se deparado com o anúncio de um produto que viu há pouco em uma loja virtual. Sabe aqueles tênis belíssimos que você viu em um site, acabou não fechando a compra e depois ele apareceu na página do seu Facebook? Então, esse é o remarketing em pleno funcionamento! 

Apesar de parecer uma coincidência o fato de o produto estar entre os anúncios nas suas redes sociais, essa é uma estratégia do marketing digital voltada para motivar você a comprar ele. 

O remarketing é uma ferramenta que tem como objetivo fazer a recuperação de vendas que não foram fechadas, mas que continuam com potencial. O recurso permite que os clientes continuem em contato com aquele produto ou serviço desejado, contribuindo para influenciar sua decisão de finalizar a compra. 

Como o próprio nome da estratégia sugere, o remarketing é o ato de fazer marketing novamente para que as pessoas possam reconsiderar a compra. Por isso, a ferramenta permite que os conteúdos de anúncio sejam exibidos mais de uma vez para o cliente, fazendo com que as pessoas que já tiveram contato com a sua marca possam ver o produto mais vezes. 

Por que investir em remarketing? 

Uma das principais funções do remarketing é fazer com que as pessoas que já tiveram uma interação com o seu produto tenham um novo contato. Isso significa que o remarketing funciona como um lembrete, uma maneira de continuar gerando interesse no cliente. 

As compras feitas pela internet têm uma dinâmica diferente do varejo de rua. Justamente por isso, as marcas precisam compreender o comportamento do seu público e reforçar suas estratégias de venda. 

Como ativar e fazer campanhas de remarketing? 

O Google Ads – principal serviços de anúncios e publicidade da Google – fornece uma série de informações importantes para as empresas que desejam fazer remarketing na plataforma. Veja o que é necessário para começar: 

  • Faça a classificação correta do segmento do seu negócio ao configurar a campanha no Google Ads. É por meio da classificação adequada que as informações ficam evidentes na exibição do anúncio. 
  • É necessário fazer a vinculação da conta do Merchant Center Google com a Google Ads. A Merchant Center é uma ferramenta para fazer o upload de listas de produtos no Google Shopping. As informações das duas contas (Merchant e Ads) são importantes na personalização das campanhas. 
  • Crie uma campanha levando em consideração as listas de remarketing adicionadas na Merchant. De acordo com o suporte da Google, existe um limite de 2 mil públicos-alvo de remarketing que podem ser utilizados. Além disso, também é importante definir um orçamento (chamado também de budget), uma modalidade de anúncio e fazer a configuração correta da campanha. 
  • Você precisa também criar um feed, que é a seleção dos produtos que deseja exibir aos clientes por meio do seu anúncio. É aqui que ficam as informações do produto, as descrições e também os preços. 
  • Por fim, configure o display de anúncios, permitindo que os feeds criados estejam alinhados aos parâmetros de pesquisas que os usuários fazem. Isso permite que o usuário que fez a busca por tênis de corrida, por exemplo, não fique recebendo anúncios de sapatilha para dança de salão. 

Após ter criado a campanha alinhando seus objetivos comerciais com as funcionalidades da ferramenta é só ficar de olho nos resultados. A InundaWeb pode ajudar a sua empresa a dominar ferramentas de marketing digital e aplicar estratégias de vendas para o seu negócio. Fale com o nosso time de especialistas

Facebook
Twitter
LinkedIn