5 relatórios do Analytics para melhorar a experiência de usuário

//Dicas e Tutoriais//Métricas | por | 14 de Fevereiro de 2014

O Google Analytics está cheio de informações úteis para melhorar a usabilidade e experiência do usuário no seu site. Infelizmente, pode ser difícil encontrar o que você procura diante de tantos relatórios disponíveis. Também é comum ficar em dúvida sobre qual relatório oferece os melhores insights para cada situação.

O Analytics oferece mais de 95 relatórios padrão e, com outras configurações simples, é possível aprender muitas coisas sobre como as pessoas interagem com sua página. Por exemplo: de onde os acessos vêm, quais canais geram mais resultados etc.

Este artigo irá clarear as coisas com instruções passo-a-passo sobre como configurar relatórios essenciais do Google Analytics visando a experiência de usuário.

 

1) Os acessos via dispositivos móveis estão crescendo rapidamente?

Esta informação é bastante útil se você está planejando fazer uma versão mobile do seu site. Quanto tempo você deve se dedicar a isso? Que nível de prioridade e que tipo de esforços deve dedicar a iniciativas focadas em dispositivos móveis?

Para comparar as mudanças no tráfego mobile em períodos similares (por exemplo, Janeiro de 2013 x Janeiro de 2014), você pode utilizar a ferramenta de comparação de datas no Google Analytics e alguns cálculos simples:

Relatório: Visão Geral do Público-Alvo

1-relatorio-mobile-inundaweb

1) Clique em Público-Alvo > Celular > Visão Geral

2) Selecione os períodos de tempo que deseja comparar

3) Se quiser, selecione uma meta através do menu Conversões.

4) A linha com a Porcentagem de alterações mostrará somente as porcentagens de mudança específicas para visitas feitas em celulares e outros dispositivos móveis para cada período de tempo selecionado. Isso não é o que você procura.

5) Para saber a taxa de crescimento das visitas mobile em seu site, você precisará fazer o seguinte cálculo: para cada período, divida o número de visitas mobile pelo total de visitas do site. Por exemplo, Se em um determinado período você obteve 22.091 acessos mobile divididos por 267.933 acessos totais ao site, significa que 8,2% das visitas ao site foram feitas via celular. Para o outro período selecionado o site teve 15.971 acessos mobile e 270.769 visitas totais, ou seja, 5,8% das visitas foram via celular.

Conclusão: O celular representa menos de 10% no total de acessos, mas houve um aumento de 40% nas visitas mobile nos períodos de tempo comparados. Se esta taxa permanecer consistente, é provável que em 05 anos, 45% dos usuários estarão acessando o site via mobile.

 

2) Quanto as redes sociais impactam no cumprimento das metas?

2-relatorio-social-inundaweb

Se você está pesquisando e planejando uma estratégia de conteúdo, é importante saber como seu conteúdo é impulsionado e que tipo de informação é mais compartilhada elo seu público. Com estes dados em mãos, é possível conduzir algumas categorizações manuais (ou utilizar a nova funcionalidade do Google, Agrupamento de Conteúdo) para determinar, em alto nível, que tópicos e tipos de assunto aumentam o engajamento e geram tráfego.

Relatório: Referência de Redes Sociais

1) Clique em Aquisição > Social > Referência de Redes

2) O relatório irá mostrar referências de tráfego via canais sociais. Clique na opção desejada para ver que tipo de conteúdo as pessoas estão compartilhando através dela.

 

 

 3) Que fonte de tráfego gera o maior número de conversões?

3-relatorio-metas-inundaweb

Este relatório fornece dados sobre como canais específicos contribuem para a conversão, como os usuários que chegam através destes se comportam e como estes canais ajudam você a atingir os objetivos definidos no Google Analytics. Estes insights podem ajudar as equipes de conteúdo e marketing a definir o esforço e o orçamento para cada canal.

Relatório: Visão Geral de Metas

1) Clique em Conversões > Metas > Visão Geral

2) Selecione a Origem/Mídia.

3) Clique em Visualizar relatório completo.

4) Na página com o relatório completo, selecione a origem e a meta que deseja verificar.

 

4) Quantas visitas são necessárias para uma conversão?

4-relatorio-caminho-inundaweb

Na hora de avaliar e planejar a experiência de usuário em um website é criado uma espécie de “mapa” que detalha as possíveis interações do público e os caminhos mais prováveis até que ele siga até se tornar um consumidor de fato. O relatório sobre o tamanho do caminho pode lhe ajudar a definir números mais realistas sobre quantas visitas são necessárias para gerar conversões ou atingir as metas estipuladas. Estas estatísticas ainda podem ser úteis em conjunto com pesquisas qualitativas sobre o usuário.

Relatório: Visão Geral de Metas

1) Clique em Conversões > Funil Multicanal > Tamanho do caminho

2) Selecione as metas específicas que deseja filtrar

 

5) Que ações desejáveis as pessoas costumam fazer no site?

5-relatorio-eventos-inundaweb

Você pode utilizar este relatório para determinar que ações seus usuários farão no site, além de pular de página em página). Isso pode ajudar a prever possíveis mudanças no propósito e conteúdo do seu site. Porém, para que o relatório seja útil, o website deverá se marcado para eventos. Eventos, na linguagem do Analytics, são ações que não resultam no carregamento de uma nova página (por exemplo: a reprodução de um vídeo, o download de um documento ou o preenchimento dos campos de um formulário). No passado, para marcar os eventos, era necessário trabalhar com um desenvolvedor para adicionar um número de rastreamento a elementos específicos do site. Isso se tornou mais fácil depois que o Google introduziu o Gerenciador de Tags, que oferece uma interface bastante amigável para adicionar, remover e editar marcações de eventos.

Relatório: Visão Geral de Eventos

1) Clique em Comportamento > Eventos > Eventos Principais

2) (Opcional) Selecione o Segmento de Usuários (mobile, usuários que convertem etc)

3) Selecione a categoria do evento, ações do evento ou rótulos do evento. São estas as designações utilizadas para marcar e servir como uma espécie de estrutura de informação onde vários rótulos podem ser agrupados sob uma determinada ação e onde um grupo de ações pode ser agrupado em uma determinada categoria. Esse sistema torna muito mais fácil medir os tipos de eventos como um todo. Para uma visão mais detalhada, você deve escolher o rótulo do evento.

 

 

 

Artigo traduzido e adaptado do Nielsen Norman Group (clique aqui para ler o texto original).

Gianna Empinotti

Gianna Empinotti Publicitária, especialista em Marketing e Mídias Digitais, doceira nas horas vagas. É responsável pela gestão de projetos digitais da Inunda.

Respeitamos sua privacidade, NUNCA enviamos spam!