Blog Inundaweb

06 coisas para fazer antes de montar um e-commerce

O Brasil é o país com a maior taxa de crescimento em e-commerce do mundo e, em 2014, estima-se um faturamento superior a R$ 30 bilhões no setor. Por isso, não é de se espantar que muita gente esteja investindo no comércio eletrônico, contribuindo inclusive para o surgimento de um novo tipo de empreendedor, o digital.
Com baixo valor de investimento e grande potencial de faturamento, as lojas virtuais são uma ótima opção para quem sonha com o sucesso financeiro e profissional.  Porém, é preciso se planejar muito bem para não enfiar os pés pelas mãos.
Preparamos uma lista do que você precisa para começar seu negócio online:
 

1. Pesquise o mercado e a concorrência

Para se destacar em meio a grandes e-commerces, você precisará de um diferencial competitivo. Por isso, é essencial estudar e entender as necessidades do mercado e de seus potenciais consumidores, além de analisar o que os concorrentes fazem de melhor e pior.
 

2. Monte um plano de negócios

Um e-commerce é como qualquer outro negócio e precisa de planejamento em diversas áreas. Monte um plano completo, incluindo objetivos e metas, previsões de custos e faturamento e, é claro, estratégias de Marketing. Pense também na logística de distribuição dos seus produtos.
 

3. Invista na sua marca

Um trabalho de branding pode ser crucial para o sucesso do seu e-commerce. Para se destacar diante da enorme concorrência, você precisará investir na sua marca – o que envolve desde o design e a identidade visual até o seu posicionamento no mercado.
 

4. Pense como seu consumidor

Coloque-se no lugar dos seus clientes pra definir a estrutura da sua loja e prefira um layout simples, limpo e intuitivo. Também é fundamental pensar em todas as facilidades e vantagens que seus usuários desejam encontrar em seu e-commerce.
 

5. Escolha a plataforma certa

Existem milhares de soluções para e-commerce por aí e a escolha deve ser feita de acordo com as funcionalidades que elas oferecem para alavancar seu negócio. Magento é considerado uma das melhores e mais versáteis plataformas de gestão de lojas virtuais.
 

6. Monitore

Uma vez que sua loja esteja no ar, nunca deixe de monitorar os resultados!  Analisar dados de acessos, conversões e receitas, entre outros, vão permitir melhorias constantes, além de fornecer ótimos insights para suas estratégias digitais.

Facebook
Twitter
LinkedIn